Testamos as demos de PES 2019 e FIFA 19!

Duas maiores franquias disponibilizaram DEMO de seus jogos e nós do Aperta o X testamos!

Faaaala, galera, tudo tranquilinho???

 

Assim como Pokémon x Digimon, Dragon Ball x Naruto, e outras tantas rivalidades, hoje no mundo dos games esportivos, o maior confronto fica entre Pro Evolution Soccer (PES) e FIFA!

Este ano, temos muitas mudanças em ambos os jogos e as franquias tentaram convencer e, porque não, “converter” os gamers à optarem por sua versão para o ano 2019. A conversão se dá pelo fato de alguns jogadores, que sempre jogaram uma franquia, gostarem das novidades da concorrente e decidirem por “virar a casaca”, como se fala no mundo do futebol.

Nós (eu e o Alison Kaique) testamos ambos os jogos em suas versões de demonstração e trazemos pra vocês algumas percepções que tivemos.

 

PES 2019

O PES foi meu jogo favorito de futebol durante anos (desde Winning Eleven 6 para PS1 até PES 2013 para PS3). Porém, desde que comecei a jogar o FIFA (versão FIFA 14), acabei não mudando mais.
Mas a real é que tive uma surpresa bem agradável ao testar o PES 2019.

Senti que a Konami investiu muito em gráficos. O campo mesmo, parece um tapete. As faces dos jogadores parecem desenhadas. As entradas dos jogos então, mostrando o estádio, ficaram simplesmente um espetáculo.

A dificuldade da famosa busca pela simulação, também foi percebida nos jogos que disputei. Goleiros mais inteligentes, passes mais receptivos ao que você aponta no seu controle, assim como os chutes.

Algumas coisas que me chamaram a atenção, já para um ponto de “melhorias”, foram os lançamentos por cima (famosos L1 + ), os quais achei muito mais favoráveis aos atacantes (não lembro de nenhum dar errado); e a mecânica de mudança de direção dos jogadores que, pra mim, ainda estava um pouco “robotizada”.

Mas o grande diferencial desta demo, foi a possibilidade de jogar on-line partidas amistosas. Inclusive, por muita sorte, conseguimos realizar uma partida eu e o Alison. Achávamos que era fácil, mas depois notamos que foi pura sorte, pois não conseguimos mais nenhuma conexão entre ambos. Mas a experiência on-line foi muito boa, sem quase nenhum lag e uma partida bastante disputada, tirando aquela ideia de “PES é fácil, não tem graça”. Placar final, 1×0 pro pai (kkkkk).

Em todos os portais de notícias do mundo dos games, já tem sido dito que a Konami vem se superando a cada ano e que PES 2019 vem como a maior aposta deles. Concordo que a concorrência só beneficia o consumidor, pois a cada ano os amantes de PES estão sendo acrescidos de novidades. Minha sensação ao jogar foi que está um jogo menos ‘previsível’ em relação a alguns pontos que antes acontecia: lançamentos com o triângulo com toda a força e o seu atacante recebia livre pra fazer o gol, jogador vinha pelas pontas e lançava no meio da área e outro atacando livre pra receber ou até chutes do meio do campo que na força certa era gol. Pode parecer piada, mas eram jogadas que sempre te garantiam uma goleada. Nessa versão percebi que isso não existe mais, a IA está esperta e não deixa jogadas ‘bobas’ acontecerem sempre. Um ponto positivo, conforme citado pelo Achôa, é o multiplayer online já na demo. Isso fez com que várias pessoas tivessem acesso à essa experiência e a demo fosse jogada por mais tempo. Outro ponto pra quem prestigia o futebol brasileiro é que, diferente do FIFA, o PES investiu por aqui e licenciou times e jogadores ‘brazucas’. – Alison

Os jogadores “lendários” são uma das apostas do PES 2019

 

FIFA 19

A demo do FIFA foi totalmente embasada na maior novidade do game nesta versão: a UEFA Champions League. Tanto é que o jogo amistoso que você realiza é exatamente uma partida de Champions entre alguns times que participam da competição desse ano.

As novidades do FIFA que me chamaram a atenção foram: os chutes, que agora mostram uma barra que você pode acertar o “timing” perfeito, tendo então um chute perfeito também e um chute mais rasteiro e potente, diferente do antigo Driven Shot da última versão, que era executado ao pressionar duas vezes o ; e as táticas personalizadas somado ao novo Plano de Jogo, que dão muito mais autonomia e de forma muito mais intuitiva para a estratégia do time durante a partida, sem a necessidade de alteração no gerenciamento do time.

Alguns pontos que senti estranho nesta versão demo do FIFA foram: os lançamentos por cima, já comentados também quando falamos do PES, que em alguns momentos parece que iam pra uma direção totalmente diferente da pressionada no controle (por exemplo: clicava suavemente o  e, mesmo assim, o passe era realizado de forma muito forte, muito longe do meu alvo); e também sobre a IA no seu nível lendário. Não que seja um ponto muito negativo, mas está extremamente difícil na versão de demonstração, mostrando que a EA já mexeu em algo para trazer mais desafios aos seus clientes. Porém, na versão demo, como voltava sempre para a tela inicial, isso me incomodou um pouco, pois demorava mais para chegar na tela do jogo em si do que jogar mesmo.

Gostaria de destacar que tem muitas faces que estão incrivelmente melhoradas, no esquema de “Real Face” que a EA já vem implantando nas últimas versões do seu game.

Sou FIFEIRO desde a versão 14 também, infelizmente o PES 2014 deixou muito a desejar, e considero essa a reviravolta.
A demo do FIFA já inovou pela Champions e todo o apelo visual, os menus do FIFA estão cada vez mais intuitivos e bonitos de se ver.
A jogabilidade mais fluída, porém mais difícil, é algo que devemos nos atentar. Por vezes você precisa de maestria para fazer algo que exija mais horas de treino.
Algo que eu sentia muita dificuldade era o ‘bote’ e os desarmes, nessa demo consegui executar de forma mais prática. – Alison

O controle de bola diferenciado é notado no novo FIFA 19

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Particularmente, como já estou mais acostumado com os últimos FIFA, fui melhor na versão 19 da EA. Porém, pelo que temos visto nos gameplays (e como já comentei no nosso PODCAST #5), a versão final do PES 2019, tem sido muito aclamada, mostrando que não podemos tirar conclusões precipitadas apenas pela versão demonstração dos jogos de futebol nos dias atuais.

Ambos os games prometem e vão trazer aos seus fãs horas e mais horas de gameplay com o melhor de cada um.
Porém eu faço aqui minha análise: PES é pras horas de diversão (famoso churrasco de família onde diversão vale mais que realismo e simulação) e FIFA é pros gamers que preferem mais desafio (toque perfeito, simulação, força e precisão).
O futebol brasileiro foi esquecido pelo FIFA e o PES correu atrás disso e licenciou. Mas em contrapartida o FIFA vem com tudo na Champions que antes era do PES. A briga tá boa! – Alison

Então, queria saber de vocês: já escolheram a sua franquia? Quais comentários têm a fazer do jogo escolhido?
Lembrando que o FIFA será lançado, para quem comprou as versões especiais, já no dia 25 e para os demais dia 28, mas mesmo que tenham escolhido a EA Sports, contem-nos o “porque”.

 

Deixo pra vocês de bônus um golzinho “maroto” que fiz no FIFA 19 demo:

About Rafa Achoa

Analista de Sistemas, foco em Protheus. Apaixonado por Games e esportes. Busca constante por aprendizado que é o que se leva dessa vida.

Rafa Achoa

Analista de Sistemas, foco em Protheus. Apaixonado por Games e esportes. Busca constante por aprendizado que é o que se leva dessa vida.