Análise Pocket – Yoku’s Island Express

Imagine misturar Pinball com Metroidvania.

Sobre o Game

Yoku é um carteiro que chegou a Mokumana, um paraíso tropical. Porém, uma antiga divindade da ilha está presa, e Yoku ficou com a missão de despertar tal criatura.

Alguém ai gosta de pinball? rs

A partir disso, Yoku sai entregando suas cartas, e tentando achar aliados para acordar a divindade.

Pontos Positivos

O game combina o estilo de progressão e itens, como em jogos Metroidvania, com uma jogabilidade Pinball, onde em trechos das fases, você tem aquelas palhetas que podem ser acionadas pelo gatilho esquerdo ou direito.

Entregando cartas pela ilha

É impressionante, como a junção dos gêneros funciona bem no universo de Yoku’s Island Express, sendo extremamente prazeroso de se jogar.

Eu acabei zerando o game rapidamente, e fiquei com aquele gostinho de quero mais.

Pontos Negativos

Infelizmente em alguns momentos do jogo, é obrigatório você ter que enfrentar mesas de Pinball, e a não ser que você seja extremamente preciso, você irá errar várias vezes (pelo menos comigo foi assim rs).

Vários puzzles para se resolver

Isso não estraga a experiência, mas acaba causando certo desanimo, como quando Yoku pega o poder de girar nas flores, às vezes eu estava lá em cima quase chegando, e caia e tinha que subir tudo de novo.

Veredito

Yoku’s Island Express é excelente, e é uma ótima pedida para quem gosta de Metroidvania, Plataforma e Pinball.

A junção dos gêneros funciona muito bem e de forma harmoniosa. Mas caso você tenha receio, tente esperar alguma promoção.

Confira abaixo a análise em vídeo:

Gostou do vídeo? Ajude a gente, se inscreva no nosso canal clicando abaixo.


Gostou do conteúdo? Se inscreva no nosso site ou acompanhe nossas redes sociais e receba novidades exclusivas clicando aqui.

Abraços pessoal, até a próxima.

About Daniel Atilio

Analista de sistemas e blogueiro nas horas vagas. Pode ser encontrado jogando Tetris por ai.

Deixe uma resposta