Confira nosso resumão da Gamescom 2019

Um dos maiores eventos de Games rolou entre os dias 20 e 24 de Agosto deste ano.

Faaala, galerinha que segue o Aperta o X! Tudo tranquilinho??

A gente acompanhou as conferências da Gamescom de 2019, que rolou no mês de agosto de 2019 (a vá! rs), e trouxe os principais pontos sob nossa ótica para que vocês possam debater com a gente!!

Cronograma do que rolou na Gamescom 2019, tirado do próprio site da Gamescom

Opening Night Live

Confira abaixo o que rolou na noite de abertura do evento, que praticamente resumiu tudo o que viria pela frente!

  • Sony anunciou a compra da Insomniac (na opinião do Dan foi por causa do sucesso do Spider-Man e pra prever a Disney comprando o estúdio em um futuro breve).
  • Mario & Sonic nas Olimpíadas, vai permitir jogar com os personagens nas versões clássicas dos games da década de 80 e 90 (confesso que sempre estava pronto pra comprar jogos de Olimpíadas mas sempre sentia que “seria sem graça”. Com os nossos personagens preferidos deu um Up dos grandes hein?!)
  • Foi mostrado gameplay de Predator: Hunting Grounds, novo jogo exclusivo do Playstation 4 e ficou lindo, fora que é um Coop (gosto) de 4 personagens x 1 predador. Parece o Sexta-Feira 13 mas tem mais adversários na ilha, além do predador.
  • Gameplay do Need for Speed Heat – Cheio de customizações para carro e motoristas! Perseguições, drifts, rachas pra dar e vender!
  • Anúncio de Little Nightmares 2 – Gráficos lindos e muito esperado por todos que estavam na platéia, pois o primeiro foi um jogo que deixou todo mundo com gostinho de “quero mais”!
  • Life is Strange 2, 4º episódio – Tá chegando no fim o segundo capítulo da saga e todos estão aguardando o desfecho da história. Notas altíssimas da crítica para saber se vai salvar ou não o meninoo!!
  • Humankind é o novo jogo de estratégia da SEGA que,  no trailer, nos lembrou Civilization, mas sendo baseado na evolução da história da humanidade, aparentemente com construções de exércitos.
  • The Witcher 3 ganhou data de lançamento no Switch (“Switcher 3” HÁ!). Impressionante pelo console ser mobile, mas com gráficos mais parecidos com a geração anterior de consoles.
  • Desintegration, dos criadores de Halo ganhou gameplay (lembra TitanFall e MechAssault, segundo o Dan), ele que chega em 2020 e será multiplataforma.
  • FIFA 20 – Volta Football foi demonstrado, com seu modo história (e posteriormente algumas jogadas do modo 3×3). Particularmente não me deixou tão empolgado não (sim, quem vos escreve é o Rafa, fifeiro kkkk).
  • Gameplay de Darksiders Genesis misturando diferentes estilos de RPG, cheio de efeitos gráficos bem fodas. É a THQ Nordic mostrando seus dons. Jogo será multiplataforma.
  • Sony anunciou game Erica, exclusivo Playstation, jogo de decisões, mas na verdade é um filme onde você escolhe o que vai acontecer depois (estilo Black Mirror – Netflix), que foi lançado na Gamescom, parecendo jogos da Quantic Dream (só que com gente real, não androids RISOS).
  • Novos gameplays de Death Stranding – Acho que tá todo mundo ainda sem saber “o que que vai rolar nesse game?!” e com o lance do Xixi… ficou foda saber. Mas, pelo que entendi, o lance do xixi é pra “liberar líquido do corpo” e o Dan entendeu que é uma arma haha. Qual será o correto?!
  • Destiny 2: Shadowkeeper e Monster Hunter World: Iceborne também foram mais demonstrados. Para os fãs das sagas, só fez bater mais forte a ansiedade.
  • Outros lançamentos: GYLT (Stadia), Everspace 2 (2021), The cycle – YAGER, Kerbal Space Program 2 (2020), Comanche, Shenmue 3, Remothered, Mechawarrior 5: Mercenaries, Ancestors: The Humankind Odyssey.
Imagem do evento, retirada do Instagram da Gamescom

Conferências

Nintendo

A Nintendo trouxe um festival de jogos Indie (gosto), mais ou menos uns 30, porém, como muitos já sabem, eles guardaram para a Nintendo Direct as maiores surpresas, sendo que o maior destaque da Gamescom 2019 foi o Witcher 3 (já citado) e o Ori, que era exclusivo da Microsoft (mostrando que Nintendo e Microsoft tão “de casalzinho”).

Microsoft

A divisão do tio Bill Gates de games, trouxe gameplays de alguns games já anunciados e mostrados anteriormente, além de rolar o novo controle (como sempre, né Dan?! rsrs). Também citaram a Bruxa de Blair, pois já seria lançado no dia 30 de Agosto e direto na Game Pass (Exatamente!! Sejam felizes!!), que também contará com Devil May Cry 5 e Kingdom Come Deliverance.

E, por fim (não quis falar no Opening Live Night pois merece um destaque maior), um pouco mais tarde no dia mostraram o trailer sensacional da campanha de Gears 5, mostrando o sistema de batalhas contra hordas e que terá um foco bem louco em Coop!

Obs.: Segundo o Dani, tinha a presença da Mama Brusqueta (tinha um cara no evento igualzinho a mama brusqueta rs).

Google Stadia

Fizeram uma apresentação similar aquelas da Apple, mas sem muita empolgação! Mostraram games disponíveis no serviço como Watch Dogs Legion, Doom Eternal, Mortal Kombat, Darksiders, Samurai Shodown, etc. (Em um dos vídeos que eu vi, rolou um crash que chegou a voltar do zero o game. Mas é uma fase de testes, não é mesmo?!).

Obs.: Vazou um meme no twitter, claro que pode ser no fim do evento, onde estava vazio o estande do Google (galera parece q tava sem hype).

Imagem do Evento, retirada do Instagram da Gamescom

Considerações finais

Mesmo nos outros sendo mostradas as gameplays de Marvel’s Avengers (bem mais interessante que o trailer inicial mostrado na E3), Call of Duty: Modern Warfare (jogamos a versão alpha de 2v2 e realmente está muito fluído e bastante focado no multiplayer), John Wick Hex (joguinho que me chamou muito a atenção pelos traços do desenho e por ser mais de estratégia que hack’n’slash), Ghost Recon: Breakpoint (com um 4v4 bastante divertido e estratégico, podendo ser um dos melhores jogos de tiro do ano), Humankind (que parece um civilization mas também mostrando a evolução da história humana – como em Ancestors), Dragon Ball Z: Kakarot (parece muito com o anime mesmo, pura nostalgia), enfim, vários outros jogos, eu e do Dan destacamos os que mais nos chamaram a atenção. 

Dan: Minha maior Hype fica mesmo pra minha paixãozinha dos exclusivos da Microsoft. Até porque… Ah o Gears 5 vai ser o primeiro de mundo semi aberto, a gente vai descobrir o passado da Kait, a jogabilidade parece que adicionaram muitos modos! To ansioso!
Porém, eu gostaria de apostar no jogo Biomutant. Desde que foi apresentado me chamou a atenção. Primeiro pela mistura de rpg com hack’n’slash… segundo por fundir animais com robôs (seria um Beast Wars?!), quero muito ver o resultado do game!

Rafa: Quando comecei a ouvir o que sairia de gameplay na Gamescom, eu estava muito ansioso por uma gameplay do DBZ Kakarot. Realmente ficou bacana, com muita similaridade com o anime. Mas achei que faltou um “tchan” de gameplay mesmo. Por isso, mudei minha opinião e estou “hypado” no Need For Speed Heat. Sério. QUE JOGO MEUS AMIGOS. Parece uma mistura de vários Needs, em um só, mas com base no NFSU2 (#sdds). Fiquem bem ansioso pra ver o jogo o quanto antes.

Dos jogos que eu nunca tinha ouvido falar, o que mais me chamou atenção foi o Ancestors: The Humankind Odyssey. Acho que nunca tinha visto essa temática de viver um personagem antes dos seres humanos e ainda num mundo aberto, contra “inimigos” que nada mais são do que a sobrevivência natural. Eu estou apostando bem nesse jogo!

Deixo abaixo pra vocês uma playlist dos vídeos feitos pela IGN.

Bom pessoal, é isso! Deu pra ver que vai rolar muito jogo de estratégia agora no fim do ano, lembrando séries dos Ages, Civilization, etc e que tem gente querendo lançar jogo pra surpreender ainda em 2019!

Imagem do Evento, retirada do Instagram da Gamescom (nos vemos em 2020?!)

Complementem também nossa matéria com o que vocês acharam do evento! Vai que esquecemos de algo?!


Gostou do conteúdo? Se inscreva no nosso site ou acompanhe nossas redes sociais e receba novidades exclusivas clicando aqui.

About Rafa Achoa

Analista de Sistemas, foco em Protheus. Apaixonado por Games e esportes. Busca constante por aprendizado que é o que se leva dessa vida.

One thought on “Confira nosso resumão da Gamescom 2019

Deixe uma resposta