Análise – My Friend Pedro

Que tal irmos com o Pedro acabar com algumas facções criminosas?

Sobre o Game

O game começa de forma enigmática, com nosso protagonista acordando amordaçado e com a companhia de uma banana flutuante (com um senso de humor ácido), denominada Pedro.

“Tenham medo da banana”

A partir disso, você parte para descobrir o motivo de terem te amarrado, enquanto acaba com inúmeros inimigos e capangas.

A criatividade é o destaque, sendo que você pode acabar com inimigos utilizando desde armas, chutes, até mesmo bolas de basquete, skates, frigideiras e muito mais.

Então coloca a música “Meu Amigo Pedro” de Raul Seixas, e bora curtir nossa análise.

Pontos Positivos

O game possui legendas em português, o que ajuda na interpretação do desenrolar da narrativa.

Que tal usar o Skate como arma?

As fases e o andamento, lembram o clássico Earthworm Jim, onde nós temos fases de moto, fases com jogabilidade diferente (como com um chapéu de helicóptero) e muito mais.

Outro ponto interessante, é o level design do jogo, onde muitas das partes são estrategicamente colocadas para ensinar o jogador, e assim a dificuldade ir aumentando, por exemplo, a primeira parte que ricocheteia tiros, você aprende a mecânica para prosseguir.

Além disso, o jogo conta com um bom humor, com muitas piadinhas, como zombar gamers hardcore, as fases de encanamento, os plot twist, etc.

Pontos Negativos

Encontrei apenas dois pontos negativos na jogatina, o primeiro é a mira automática, às vezes, quando você finaliza um adversário, o corpo dele ainda fica “mirável”, então mesmo você querendo tirar a mira dele, você precisa soltar o botão, e mirar novamente.

Enfrentando diversos inimigos ao mesmo tempo

Outro ponto, foi que teve uma vez que bugou perto de um checkpoint, e isso fez com que eu não conseguisse prosseguir e tive que reiniciar a fase, considero que é um bug isolado (aconteceu apenas uma vez), mas como as fases são rápidas, foi bem tranquilo passar por tudo novamente.

Veredito

Com toda a certeza, um dos melhores indie de Run’n Gun dos últimos tempos. Se tiver a oportunidade tente jogar My Friend Pedro, e encare tudo com um bom humor.

Confira abaixo um vídeo de gameplay no nosso canal:

Gostou do vídeo? Ajude a gente, se inscreva no nosso canal clicando abaixo.


Gostou do conteúdo? Se inscreva no nosso site ou acompanhe nossas redes sociais e receba novidades exclusivas clicando aqui.

Abraços pessoal, até a próxima.

About Daniel Atilio

Analista de sistemas e blogueiro nas horas vagas. Pode ser encontrado jogando Tetris por ai.

One thought on “Análise – My Friend Pedro

Deixe uma resposta