Análise – Towerfall Ascension

Trago para vocês hoje a análise do game Towerfall dos mesmos criadores de Celeste.

Introdução

Em Towerfall Ascension, você tem algumas opções de game, sendo que o objetivo é sobreviver na arena e vencer os obstáculos e adversários.

O jogo é desenvolvido pela Matt Makes Games, e a arte do game é feita pelo estúdio Mini Boss, essa parceria ano passado rendeu o game Celeste, porém Towerfall é mais antigo (de 2013).

Confira abaixo o que achamos do game.

Tela de seleção de personagens

Som

As músicas do game são em sua maioria calmas e acabam passando um ar de tranquilidade ao jogador. O que muita das vezes se torna necessário, pois em alguns estágios o ambiente é infestado de inimigos.

Seleção de fases

Já a parte de efeitos sonoros é excelente, com sons dos inimigos, das flechas especiais, e até mesmo quando um personagem morre, por exemplo, eu jogava com um arqueiro loiro, e ao perder, ouvia-se um som de passarinho.

São detalhes assim que criam uma profundeza na experiência com o game.

Iluminação é um ponto alto nos detalhes das fases

Gráfico

Os gráficos do game são feitos através de Pixel Art, em um estilo próximo ao de 8 Bits. Os personagens, inimigos e animações são ricos em detalhes, como por exemplo, as explosões junto com os efeitos e luz são bem prazerosos de assistir.

Outro ponto, é que certas partes o cenário fica escuro e uma pequena luz envolve os inimigos e o personagem, e assim você tem que ter precisão nas flechas lançadas.

As fases contam com powerups

Controles

Basicamente você tem alguns comandos básicos, como:

Analógico esquerdo – Movimentar personagem

A – Pular

X – Atirar Flecha

RT – Usar o Dash / agarrar flecha do adversário

Explosões, vencendo inimigos

Existe também alguns poderes, como escudo, voar, flechas brocas que perfuram parede, flechas bomba, etc.

O jogo possui o modo de combate entre os jogadores, nesse modo você deve vencer os adversários nas arenas.

Possui também o modo de aventura, onde tem as fases tanto normais, quanto da DLC, e em cada fase tem ondas de inimigos que devem ser vencidas.

E por último, o game possui o modo chamado Trial, que você deve cumprir objetivos, como matar os bonecos em menor tempo possível.

Fases do tipo Trial

Diversão

Não testei o modo multiplayer do game, então irei focar na campanha do jogo, e no modo Trials.

A campanha, por ser curta (cerca de 1 hora), pode te divertir bastante, pois conforme a dificuldade aumenta e o número de ondas também, você se sente desafiado a sempre aprimorar e vencer os obstáculos.

O mesmo vale para o modo Trials, onde você deve vencer os objetivos com um prazo de tempo pré-determinado, por exemplo, matar todos os bonecos em 8 segundos.

Esses desafios extras e dificuldades, aumentam o fator replay para os colecionadores de conquistas, e também você com isso, pode desbloquear personagens extras.

Às vezes, as sombras se apagam para confundir o jogador

Outras informações

O game, possui uma DLC chamada de Dark World que traz cerca de 4 níveis extras e outros personagens.

Outro ponto interessante, é ver a evolução da parceria entre a Matt Makes Games e a MiniBoss, pois é nítido que o game Celeste tem muitos de seus elementos de Towerfall (Dash, se agarrar em paredes, dificuldades nos desafios, fator replay, etc).

Ah se você quiser ler a análise de Celeste que nós fizemos, clique aqui.

Quando completa a fase, mostra alguns status

Preço

Na PSN / Playstation Store, o jogo está R$ 45,90, Clique Aqui para saber mais.

Na Steam, o jogo está R$ 27,99, Clique Aqui para saber mais.

Na Xbos Live / Microsoft Store, o jogo está R$ 29,00, Clique Aqui para saber mais.

Obs.: O game também tem uma versão para Nintendo Switch, mas não está disponível na eShop brasileira.

Fases com vários detalhes gráficos

Considerações Finais

Caso você goste de desafios, e de uma boa dose de dificuldade, vale a pena conhecer Towerfall.

Se você também já jogou Celeste e gostou, é capaz de gostar desse outro trabalho da MiniBoss.

Agora se você não gosta muito de games difíceis ou de desafios, tente experimentá-lo em uma promoção, pois ele também conta com um modo multiplayer que pode agradar os jogadores.

Veja abaixo um pouco de seu gameplay no nosso canal:

Gostou do vídeo? Ajude a gente, se inscreva no nosso canal clicando abaixo.


Gostou do conteúdo? Se inscreva no nosso site ou acompanhe nossas redes sociais e receba novidades exclusivas clicando aqui.

Abraços pessoal, até a próxima.

About Daniel Atilio

Analista de sistemas e blogueiro nas horas vagas. Pode ser encontrado jogando Tetris por ai.

One thought on “Análise – Towerfall Ascension

  1. Para falar a verdade jogos no estilo Pixel Art são os meus preferidos. Vendo Towerfall o gráfico em si já é bem atraente, bons gráficos e games nesse quesito me atrai e muito, sem contar que o jogo Celeste que tanto adoro…a simplicidade ainda me atrai!!!! boa a análise!!!! valeu

Deixe uma resposta