A história da EA Sports

Salve salve pessoal…

Trago para vocês hoje a história da EA Sports, desenvolvedora de games esportivos da Electronic Arts (EA).

A EA sempre foi uma empresa visionária do mercado, e ainda na década de 80, separa parte da sua equipe, sob o nome EA Sports para cuidar apenas de jogos licenciados de linhas esportivas.

A EA Sports foi criada em 1991, porém os jogos esportivos eram um pouco mais antigos, e o grande sucesso que fez a EA pensar em separar a sua equipe, foi o John Madden Football (a partir de 1993 foi chamado de Madden NFL), o famoso jogo de futebol americano da companhia.

Capa do primeiro Madden

Trip Hawkins, criador da EA, criava jogos de simulação em papel, e um dos motivos de fundar a EA seria criar esses jogos para computadores. Em 1982 após fundar a EA, Hawkins começou a desenvolver um jogo de futebol americano, onde a primeira abordagem foi com Joe Montana (seu jogador favorito), mas ele já tinha um contrato com a Atari, logo sua segunda escolha Joe Kapp exigiu royalties para o game.

Em 1984, Hawkins juntamente com o produtor Joe Ybarra, se aproximam do John Madden para o licenciamento de um jogo levando seu nome, e Madden aceita, pois segundo a EA o jogo sera uma sofisticada simulação de futebol americano, e Madden achava que isso poderia ensinar as crianças sobre estratégias do esporte, e assim começa a parceria de Madden com a EA.

Madden 18

O jogo sofreu alguns atrasados, inclusive um deles por causa do Madden, a EA queria colocar 6 a 7 jogadores, devido a limitação dos computadores, mas Madden insistiu que queria ao menos 11 Jogadores, inclusive falando “Não estou colocando meu nome nele [no jogo] se não for real”.

O jogo foi lançado em 1988 primeiramente para a linha de computadores Apple II, e apesar da complexidade do game, e um pouco de lentidão (devido ao alto número de jogadores na partida), o jogo fez um considerável sucesso, durante esse período ainda, Madden teve a opotunidade de comprar um número “ilimitado” de ações da EA, mas ele recusou, e inclusive ele já falou que foi “A coisa mais idiota que já fiz na vida”.

Primeiro jogo do Madden rodando em um Apple 2

Expandindo seus negócios a EA começou a mirar no mercado de vídeo games caseiros, mas ela (assim como várias outras empresas) não gostava das políticas das empresas, principalmente por causa da Nintendo, pois quem tinha contrato com ela, não podia lançar um número grande de jogos, e não lançar para nenhum concorrente.

A EA começa a estudar uma forma de expandir, sem ter que pagar essas licenças, e acaba vendo potencial no Mega Drive da SEGA, pois além de ser mais “forte” que o Nintendinho, a empresa não era tão grande nos Estados Unidos, e assim eles fazem uma engenharia reversa, e começam a fabricar seus cartuchos para o Mega Drive.

Cartuchos para o Mega Drive nos Estados Unidos, tinham formato diferente

A SEGA rapidamente vai procurar a EA, e acabam fazendo uma parceria, onde a SEGA iria deixar a EA fabricar “seus cartuchos” por um preço menor, e assim nascia uma parceria entre ambas.

Quase na mesma época, a SEGA iria lançar um jogo de futebol do Joe Montana, e encomendou o projeto com a Mediagenic (atualmente faz parte da Activision), acontece que o projeto foi atrasando, chegando ao ponto da Mediagenic cancelar o contrato, e a SEGA precisava do jogo até o Natal, a única empresa que tinha um jogo totalmente pronto de futebol americano, era a EA com o Madden.

Logo a SEGA faz uma parceria com a EA para o lançamento do Joe Montana, sendo que ele seria diferente do Madden visualmente, e teria menos recursos, seria um jogo menos técnico. E a medida que o jogo ia se desenvolvendo, os programadores viram que ele estava se tornando mais divertido e mais chamativo que o Madden, logo a EA pediu para que fizessem um bom jogo, mas não um melhor que Madden, pois era o carro chefe da companhia.

Joe Montana, investida da SEGA nos games esportivos

Em 1993 surge um outro sucesso da companhia, o primeiro jogo de uma série que continua em pé até os dias de hoje, FIFA International Soccer, sendo que o jogo rapidamente se tornou um dos mais vendidos do Mega Drive (devido a seu sucesso na Europa e no Brasil), e assim como FIFA a EA Sports começa a desenvolver os mais variados games.

Nessa mesma época, surge o lema “It’s In The Game”, onde aparecia o logo da empresa e surgia essa frase atrás (eu quando era criança, achava que a empresa se chamava EM Sports, pois a perna do A, fazia parecer com a letra M rs). A tradução ao pé da letra seria “Esta no Jogo”, pois era uma brincadeira da EA, algo como “Se está no Jogo [regras], está no jogo!”.

Evolução do logo

A linha EA Sports fez tanto sucesso, que inclusive o logo principal da EA, vem do logo da EA Sports.

Avançando um pouco no tempo, a EA começa a utilizar o motor gráfico Frostbite usado por outors jogos de tiro da companhia, trazendo uma realidade maior aos seus games de Esporte. Além disso, a empresa começou a investir em modos de carreira para que jogadores pudessem passar um maior tempo nos games.

Tecnologia Frostbite

Assim surge o modo “The Longshot” do Madden, onde você controla um Quarterback tentando seu retorno de carreira. No NBA Live surge o “The One”, com um jogador começando nas quadras de Street Ball até alcançar a NBA. E no FIFA o modo “The Journey”, onde você controla um novato que tem que subir de nível na competição.

Além disso, a EA Sports desenvolveu sistemas de cartas e recompensas para jogadores, fazendo com que muitas pessoas gastem tempo e dinheiro online, atraindo mais e mais jogadores e lucro para a empresa.

FIFA 18

Hoje a EA Sports é uma grande empresa de jogos esportivos, com algumas políticas um tanto quanto polêmicas como a adição desses recursos, porém os jogos de esporte da companhia são bem feitos e lembrados com carinho por muitos jogadores.

Apesar de todo o sucesso atual, eu vejo talvez que no futuro as anualizações dos games parem, ao invés de termos um FIFA X1, FIFA X2, FIFA X3… teremos talvez apenas FIFA, e os jogadores, clubes, atualizações serão disponibilizadas como atualizações do game como DLCs.

Referências:
orlandosentinel.com
rs-online.com
gamasutra.com
sega-16.com
logos.wikia.com

Bom pessoal, por hoje é só.
Abraços e até a próxima.

About Daniel Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.

Daniel Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas. Autor do projeto Terminal de Informação, onde são postados tutoriais e notícias envolvendo o mundo da tecnologia.