Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Análise – Timo The Game

Jogo brasileiro com ótimos puzzles.

Introdução

Em Timo The Game, você controla Timo (personagem criado por Raul Aguiar), um garoto que consegue entrar e viajar por livros, uma habilidade que seu pai também possui.

Certo dia, Timo acorda e não encontra seu pai, então ele decide procurá-lo através de 5 livros.

O game segue um estilo moderno de point-and-click, e contém vários puzzles para ajudar no desenvolvimento das mentes mais jovens.

Primeiro livro do game

Som

O game é rico em efeitos sonoros. Eu desliguei a música para prestar a atenção, e até os passos do Timo são perceptíveis, e claro, com variações dependendo de cada solo.

Já a música, tanto na tela principal, quanto nos livros, é a mesma, quando eu estava no terceiro livro, desliguei a música do game pois eu já não conseguia me concentrar nos puzzles, mas isso pode ser uma particularidade minha.

Segundo livro do game

Gráfico

Os gráficos do game são lindos, assim como nos trabalhos de Raul Aguiar, notamos um traço bem chamativo e colorido.

Quando tocamos em algum item, ele fica em um tamanho maior, com um contorno branco e nos seguindo também.

O único ponto negativo, é que, ao entrar em algumas salas (ou em algumas partes do game), o item acaba posicionando atrás do personagem, e fica inviável de sair, tendo que ficar reposicionando o item na tela para tentar sair do local.

Um dos livros da versão paga

Controles

Basicamente você pode segurar um dedo na tela, e isso fará com que Timo ande continuamente nessa direção. Se você tocar na tela, ele irá andar até esse ponto. Ao tocar em um objeto, ele fica flutuando e seguindo Timo, e você pode mexer nele e posicionar em outros lugares.

Quando você desbloqueia o segundo personagem (um que utiliza capacetes), ele é mais rápido que Timo (anda deslizando), porém com ele não é possível usar ou segurar itens.

No canto superior direito, você tem acesso aos livros. O game se baseia em resolver enigmas e quebra cabeças com um sistema similar ao do point-and-click.

Andando e carregando itens

Diversão

O jogo me surpreendeu positivamente. Me lembrei de alguns games que jogava no PS1 de puzzles como os jogos do Pernalonga, em que você tinha enigmas e várias formas de solucionar.

Além disso, existem desafios que requerem atenção, então você vai ficar pensando onde encaixar certos itens e em que livros e momentos usar.

Uma dica é que, ao clicar em algum personagem ou enigma, é mostrado um desenho identificando o que é necessário para prosseguir.

Utilizando o outro personagem

Preço

O game está disponível gratuitamente na Play Store, no caso, os dois primeiros livros, o restante do game custa R$ 1,99. Galera, sério, é mais barato que uma barra de chocolate.

Caso você precise comprar um cartão pré pago para usar na Play Store, veja as ofertas na Amazon.

Vários itens usados nos puzzles

Considerações Finais

Pelo preço baixíssimo e pela qualidade e ótimo trabalho da WebCore Games, acho que vale a pena conhecer Timo. Caso tenha receios, teste o game gratuitamente e tire suas conclusões.

Acho que é uma boa pedida também para sobrinhos e crianças pequenas.

Abraços pessoal, até a próxima.

About Daniel Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas.

Daniel Atilio

Analista e desenvolvedor de sistemas. Técnico em Informática pelo CTI da Unesp. Graduado em Banco de Dados pela Fatec Bauru. Entusiasta de soluções Open Source e blogueiro nas horas vagas.

Deixe uma resposta